Busca

noticias

Como fazer coleta seletiva no seu condomínio?


fonte: https://ciclovivo.com.br/mao-na-massa/faca-voce-mesmo/como-fazer-coleta-seletiva-no-seu-condominio/
categoria: Coleta Seletiva

 
A concentração de pessoas e geração de resíduos em condomínios são uma boa chance de implementar projetos de coleta seletiva e reciclagem
14 de julho de 2021
 
guia online reciclagem

Foto: iStock
 
Todos os dias, produzimos nas nossas casas resíduos que muitas vezes gente chama de lixo. Mas na verdade, o lixo que descartamos é constituído de diferentes materiais, cada um deles com o seu valor. Quando estes materiais são separados e encaminhados para a reciclagem, o nosso “lixo” gera renda para muita gente e deixa de gerar impacto negativo para o meio ambiente e para a nossa saúde.
Segundo o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2020 (Abrelpe, 2020), cerca de 35% dos resíduos sólidos urbanos são materiais recicláveis, ou resíduos secos. Infelizmente, o índice de reciclagem efetiva destes resíduos não não ultrapassa o patamar de 4% na média nacional.
Ou seja, estamos literalmente jogando dinheiro no lixo. Dinheiro e a oportunidade de ajudar quem precisa e o nosso planeta. Isso porque ao descartamos o lixo sem a separação de recicláveis e sua destinação correta, acabamos enviando toneladas e toneladas de material para aterros sanitários ou, o que é pior, lixões a céu aberto. Nestes locais, o que poderia ser transformado novamente transformado em matéria-prima vira poluição.
O que fazer?
 
reciclagem
Para mudar este cenário, podemos começar na nossa própria casa. Separando os materiais recicláveis e destinando estes resíduos para a coleta seletiva. E aí temos outro problema: nem todo mundo tem acesso à coleta seletiva da prefeitura. Neste caso, podemos entrar em contato diretamente com catadores de material reciclável pelo aplicativo Cataki, procurar uma cooperativa de reciclagem no bairro para organizar a entrega ou coleta dos recicláveis ou então levar este material a um PEV (Ponto de Entrega Voluntária) ou Ecoponto da cidade.

Condomínios: uma grande oportunidade

A concentração de pessoas vivendo em prédios e condomínios é ao mesmo tempo um desafio e uma grande oportunidade para quem quer separar e destinar corretamente seus resíduos.
A quantidade de material gerada por tantas pessoas que vivem no mesmo lugar é muito maior e isso pode ser um grande problema – é muito “lixo” para administrar. Por outro lado, quando olhamos para este material como fonte de renda esta concentração de recicláveis pode ser uma solução.
Para implementar a coleta seletiva no seu condomínio, o primeiro passo é conversar com os responsáveis pela administração. Depois é preciso entender a quantidade de resíduos gerada para pensar nos locais para o descarte e armazenamento dos recicláveis.
Estudos mostram que a disposição correta de lixeiras pode aumentar em até 141% o descarte correto de materiais. Neste ponto, é possível pensar também em separar e armazenar alguns tipos especiais de resíduos, como o óleo de cozinha, por exemplo.
Uma vez definidos os locais onde vai ser possível descartar e armazenar os recicláveis, vem a comunicação com todos que vivem no condomínio. É muito importante esclarecer para as pessoas qual é a importância da separação correta dos resíduos entre recicláveis e orgânicos.
 
Uma dica importante é pedir que antes de descartar recicláveis, todos se certifiquem de que os resíduos estão limpos, para evitar a atração de vetores, como moscas e baratas e a desvalorização deste material na cadeia de reciclagem. Passar uma água em embalagens plásticas ou longa-vida é uma solução para isso.
Entre as pessoas que trabalham no condomínio, é importante ter responsáveis pela manutenção deste espaço de armazenamento de recicláveis. Estabelecer dias para o descarte do material não-reciclável e dos recicláveis é muito importante.
O próximo passo é pensar na coleta deste material que foi separado. Caso a prefeitura da sua cidade tenha caminhões específicos para a coleta seletiva, certifique-se dos dias que eles passam pela rua do condomínio. Por se tratar de uma grande quantidade de resíduos, muitas vezes é necessário um requerimento especial junto à prefeitura.
Caso a coleta pública não funcione, é possível contratar empresas privadas para encaminhar este material para ecopontos ou pontos de entrega voluntária, ou ainda combinar a retirada com cooperativas de reciclagem ou catadores de materiais recicláveis.

Empresas especializadas

reciclagem condomínios projeto

Foto: Divulgação | Instituto Muda
Uma alternativa mais simples para o desenvolvimento de projetos e implementação de coleta seletiva em condomínios é contratar empresas especializadas neste serviço.  Muitas oferecem benefícios aos moradores em troca do descarte correto de diferentes materiais e podem ajudar os condomínios na gestão correta dos resíduos.
Além das empresas que implementam projetos de coleta seletiva de resíduos recicláveis, existem outras que trabalham com projetos de compostagem, transformando os resíduos orgânicos em adubo orgânico que pode ser usado pelo condomínio e seus moradores ou ainda comercializado.
 
 

© Copyright 2012-2021 - sucatas.com ® | Design Media Farm | Desenvolvimento: Bagus TI Consultoria